Mensagens

Do Namoro ao Casamento (pt_4)

foto
continuação....
 
TEXTO__ CANTARES: 2:7, 3.5, 8:4
 
INTRODUÇÃO:
 
            Um dos maiores perigos que estamos enfrentando é o chamado amor livre, e o sexo sem pudor e castidade, quando ser honesto é vergonhoso, como expressou Rui Barbosa: O HOMEM RI DA HONRA E TEM VERGONHA DE SER HONESTO. Por enfrentar tantos problemas com os nossos jovens e até mesmo casais em nossas igrejas, que são enganados pelo inimigo de nossas almas, tomei a atitude de escrever com respeito ao assunto: NAMORO NOIVADO E CASAMENTO.
 
 
IV - A DIFERENÇA ENTRE AMOR VERDADEIRO E PAIXÃO
     
            Há muita dificuldade para separar o verdadeiro amor de uma paixão ilusória, pôr isso existe um grande número de divórcio, e sempre ocorre dentro dos três primeiros anos da vida a dois (casados). Para diferenciamos amor de paixão, lançaremos mão de recursos gregos.
 
a)     A Palavra grega “Ágape” significa o amor divino, esse amor é independente   de interesses pessoais;
 
b)    A palavra grega “Storge” significa amor romântico, familiar, conjugal e doméstico, é o amor afetivo, permanente e duradouro, não passageiro;
 
c)     A palavra grega “Phileo” significa amor fraternal, amizade, afeição. Também pode ser classificado como amor ao próximo;
 
d)    A palavra grega “Eros” significa atração física, esse é apenas paixão. Esse amor é identificado com a paixão popular, romântica e passageira. É o amor erótico, instantâneo e interesseiro. Esse tipo de amor deve ser chamado de paixão, ocorrido muito entre os adolescentes. Também pode ser chamado de amor traiçoeiro.
 
Vamos citar alguns exemplos desse tipo de amor (Eros) que invadiram algumas vidas nos registros bíblicos: II SM 13, a triste história de Amom e Tamar sua irmã. Vejamos com muito cuidado o relatório do versículo 15, “Depois, Amom a aborreceu com grandíssimo aborrecimento, porque maior era o aborrecimento com que a aborrecia, do que o amor que a amara. E disse Amom: Levanta-te e vai.” Um exemplo de egoísmo sem medida, traiçoeiro e repugnante. Temos o Exemplo de José na casa de Potifar veja texto bíblico de Gn 39.7 a seguir. Esse tipo de amor (paixão) quando não correspondido também se transforma em ódio e perseguição.
            Como dissemos no início, é difícil para separar o amor verdadeiro de uma paixão. O amor não pode ser analisado cientificamente. Não podemos ir a um laboratório e, num tubo de ensaio produzir a partir da mistura de elementos diferentes uma amostra do que seja o amor.  Porem Deus é amor I Jo 4.8, e esse amor não é mostrado em tubos de ensaio, mas sim pela ação do próprio Deus. Assim sendo, a atitudes e comportamento dentro do noivado é que mostra quando existe o verdadeiro amor.
            Não acredito que, um casal de namorados ou noivos, entre abraços e beijos, se agarrando em qualquer lugar e, em muitos casos, a moça parecendo mais uma laranja que esta sendo espremida ou um chiclete que está sendo mascado, me dar à garantia de um amor genuíno. Primeiro porque não há um respeito, e causa escândalo. Segundo é indigno para um casal cristão tomar tais atitudes.
            Ao encerrar este capitulo, ele só será completo se deixarmos o nosso conselho para quem esta se preparando para o noivado e matrimônio, caso não esteja certo de sua escolha, procure um casal obreiros, ou um casal que tenha uma vida conjugal bem ajustada que você confie de verdade, peça-lhe um aconselhamento, fale francamente e sem reservas as suas duvidas que com certeza esse casal terá de sobejo algo de acordo com suas necessidades. Não de o segundo passo, se o primeiro foi duvidoso.
           
OBS.: No final deste estudo, estaremos dando nomes de alguns livros que poderá ajudá-los ainda mais nesta importante escolha e uma união feliz no futuro. Até o próximo capitulo!
 
Não perca na próxima segunda-feira: “O CASAMENTO”.
 
 
Pb. Jaime Bergamim
Bacharel em Teologia
Mestrado em Psicologia Pastoral
Pedagogo
 

 


Outras Mensagens

Lista Completa

Templo


Rua dos Eucaliptos – Nº 732 – Jardim Eucaliptos – Colombo / PR – CEP 83408-485
Fone: (41) 3055-1922 | contato@adcolombo.org.br