Mensagens

Do Namoro ao Casamento (pt_1)

foto

TEXTO__ CANTARES: 2:7, 3.5, 8:4

 

INTRODUÇÃO:

            Um dos maiores perigos que estamos enfrentando é o chamado amor livre, e o sexo sem pudor e castidade, quando ser honesto é vergonhoso, como expressou Rui Barbosa: O HOMEM RI DA HONRA E TEM VERGONHA DE SER HONESTO. Por enfrentar tantos problemas com os nossos jovens e até mesmo casais em nossas igrejas, que são enganados pelo inimigo de nossas almas, tomei a atitude de escrever com respeito ao assunto: NAMORO NOIVADO E CASAMENTO.

            Estaremos publicando nesse Site do qual somos colunista, em série. Então não pare de acompanhar todas as segundas-feiras.

 

 I - NAMORO

            Biblicamente, o namoro não existe, o que existe sim, é o noivado para casamento: Cada moço ou moça deve considerar que o namoro para casamento é algo muito especial. Existe uma grande diferença entre o cristão e o não cristão. O namoro para o não cristão é apenas o flertar, isto é: namoro sem compromisso, o que se distingui do namoro cristão que nos antigos tempos era como um contrato pré-nupcial, quando o rapaz entregava ao pai da moça o contrato de casamento chamado de Muá, foi o caso de José e Maria que se encontravam desposado (esponsais), isto é promessa ou contrato de casamento.

            Durante o namoro, os jovens correm grandes riscos de impureza espiritual, porque durante este período de conhecimento ocorre a intimidade, e tudo que chamamos de intimidade fora do casamento é transgressão do padrão moral e espiritual de Deus para conosco, o que gera a chamada lascívia. A lascívia é a ausência de princípios morais (GRASÉLGIA), relaxamento de domínio próprio e da conduta virtuosa.

            A intimidade é atitude enganosa, e em Hebraico significa aproveitar de uma pessoa ou explora-la.  Em I TS 4.6 e 7 "Ninguém engane seu irmão em negócios algum..." Deus não nos chamou para a imundice, mas para a Santificação. Em segundo lugar a intimidade leva a pessoa a um clímax que não pode ser satisfeito a menos que seja consumado o ato sexual, isso fora do casamento é o chamado fornicação ou adúltero.

            No namoro Cristão deve haver algo de especial, mesmo que os jovens casais talvez não estejam tão interessados no casamento, deve haver a pureza, ou ser puro; do GR. HAGNOS ou AMIANTES - Livre de toda macula do pecado, e abstenção total de atos e pensamentos que incitam e provocam desejos incompatíveis com a vontade de Deus. Devemos ter o domínio próprio para não haver escândalos. Como já falamos sobre o adúltero, queremos apenas acrescentar: A intimidade é o palco armado para o adultério em dois sentidos, ou seja: dois tipos de adultério, que na verdade não é adultério, mas fornicação:

  1. ADULTERIO - FORNICAÇÃO PSICOLÓGICA – Quando a intimidade chega ao extremo, à pessoa perde o domínio próprio, e em muitos casos essa perca de domínio faz com que a pessoa chega ao clímax, um prazer sem haver o coito, que para muitos não é pecado, mas é o que chamamos de adultério (fornicação) psicológico dentro do namoro, porque é fruto do pensamento contaminado ou voltado para o sexo, isto pôr parte de uma das pessoas. Esse adultério psicológico ocorre pôr avançar demais nas carícias. Muitos caem sem querer, porque uma força explosiva brota quase que sem controle. Portanto no namoro é preciso haver certo grau de santidade, vigilância, se não chegará ao ponto de não conseguir frear a situação, quando terminar estarão no fundo de um precipício sem retorno, pois esse veículo chamado adultério não tem macha ré, e o seu freio de mão é uma consciência pura e sem mancha.    

 

  1. O ADULTÉRIO - FORNICAÇÃO CONSUMADA - É aquele que sempre ocorre pôr um acordo mútuo de ambos, o coito, ou a relação sexual praticada conscientemente ou até planejada. Para os nossos queridos casais de namorados deixaremos um lembrete apenas: Somos o povo que representamos o reino de Deus aqui na terra, e somos a sua igreja e sua Noiva. A fornicação tanto consumada como a psicológica, é causada pôr uma paixão desordenada, os jovens namorados, caem porque acham que o fato de estarem apaixonados da o direito de manter relações, quando na verdade a paixão é algo passageiro e não um amor verdadeiro.  A paixão costuma acabar logo após o primeiro deslize, por que simplesmente foi preenchido ou satisfeito um desejo egoísta de um amor à primeira vista como usam dizer, quando na verdade deveria ser chamado de 'primeira atração', pois existe uma grande diferença em se sentir atraído pelo corpo de uma pessoa e ama-la realmente e sinceramente. É preciso estar cônscio de nossos impulsos antes de tomarmos o passo para o noivado.

            O amor egoísta e a rebeldia inata do adolescente, que se reflete para a fase adulta da juventude, provoca arrebatamento de loucura, que levam a cometerem tal ato, que em alguns casos poderá até ser recuperados para a sociedade, mas cujas consequências permaneceram indesejáveis para o resto de suas vidas. A Bíblia diz "Não vos enganeis: de Deus não se zomba, pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará - Gl 6:7".

            Alguém poderá perguntar: mas o sexo não foi criado pôr Deus? E por que de tantas restrições? E, se tudo que Deus criou está à disposição do homem.  Sim o sexo foi Deus que criou e colocou no homem essa atração como meio de multiplicação da raça humana, porém Deus limitou apenas aos casais, marido e esposa. Quando ele disse, "deixará o homem seu pai e sua mãe e unir-se-á a sua esposa, e serão dois uma só carne" - MT 19:5

DIANTE DA SOCIEDADE - A sociedade nos vê como santos, o que na verdade somos pôr isso devemos ser sempre uma luz a brilhar nas trevas. A sociedade esta criando a chamada educação sexual, quando na verdade não é, mas sim uma libertinagem ou o chamado sexo livre, sem pudor e sem castidade. A antiga revista VISÃO, de 29.06.1987, publicou um artigo chamado: MAIS FORTE QUE O PRECONCEITO, neste artigo uma americana de Nova Jersey chamada de PATRÍCIA PEARLMAN, tomou a iniciativa de educar os deficientes físicos e os excepcionais para a prática sexual, criando assim uma clínica para essa tal educação, alegando que a sociedade tratam os deficientes físicos e os excepcionais como assexuado. Porém tal educação não nos serve.

DIANTE DA IGREJA - Por que a Igreja é um corpo vivo composta de santos da qual você é um.

DIANTE DE CRISTO - Por que ele disse: "sede Santos por que eu Sou Santo". Talvez os amados nos perguntem como então encontrar o meu ou a minha companheira, aquele ou aquela que será meu esposo ou minha esposa? Em primeiro lugar temos que pedir direção a Deus para fazermos tal escolha. Eu uso Dizer quando estamos pregando para jovens, que moça espiritual procura moço espiritual para namorar, e da mesma forma o rapaz sempre está de olho em jovem bem espiritual. Portanto é preciso muito cuidado com os chamados de passarinheiros, aquele que gosta de namorar as escondidas ou em lugar não apropriado. Se tal pessoa fizer convite assim, fique sabendo que ele não vai lhe ensinar um corinho ou um versículo bíblico num lugar escuro ou fora do muro da igreja, porque se ele fosse lhe ensinar isso, ensinaria na igreja ou em sua casa sob a observação dos pais, menos em tais lugares. Vejamos um exemplo bíblico para os moços: PV.  5.3 a 5 – "Porque o lábio da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais macio que o azeite. Ma s seu fim é amargo como o absinto, agudo como espada de dois fios. Os seus pés descem à morte; os seus passos, firmam-se no inferno". Portanto busquemos a Deus para essa escolha chamada de namoro.

Não perca na próxima segunda-feira "O NOIVADO"

 

Pb. Jaime Bergamim

Bacharel em Teologia
Mestrado em Psicologia Pastoral
Pedagogo
 

 

 

 


Outras Mensagens

Lista Completa

Templo


Rua dos Eucaliptos – Nº 732 – Jardim Eucaliptos – Colombo / PR – CEP 83408-485
Fone: (41) 3055-1922 | contato@adcolombo.org.br